Publicidade

Publicidade

  • ùltimas

    quarta-feira, 3 de abril de 2019

    Mulher ateia fogo a igreja e escreve “satanás vive” na porta do templo


    Nessa última sexta-feira, dia 29 de março, nos Estados Unidos, uma mulher causou pelo menos US$ 600 mil em prejuízos após incendiar dois edifícios de um templo da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. 

    A mulher, Jillian Nicole Robinson, 18 anos, foi presa por suspeita de incêndio culposo, e roubo. Ela também está sob investigação por danos criminais e posse de ferramentas roubadas. 

    O incidente ocorreu por volta de 01h50 da madrugada. Oficiais do Departamento de Polícia da cidade de Orem responderam aos relatos de um incêndio dentro de um prédio da igreja mórmon, de acordo com informações do portal Daily Herald.



    “Eles entraram e viram vários focos de incêndio espalhados pela igreja. Eles foram capazes de apagar as chamas com um extintor de incêndio que um dos policiais tinha em seu carro de patrulha”, publicou o departamento no Facebook. 


    Duas portas de vidro foram quebradas no lado norte e sudoeste do edifício, e o painel de controle eletrônico da porta também foi danificado. Além disso, a suspeita teria entalhado portas de madeira com a frase “satanás vive”.

    Enquanto investigavam o incêndio, outros policiais realizaram patrulhas em volta das igrejas próximas, já que se acreditava que era um incêndio criminoso. Durante as buscas, um oficial notou uma pessoa suspeita perto de um prédio da igreja. Outros policiais chegaram ao redor do prédio enquanto tentavam render a pessoa.

    Os policiais relataram que também sentiram um “cheiro forte de gasolina ao redor da área do lado norte da igreja, especialmente ao redor da porta com a escrita e as janelas adjacentes a essa porta”.




    “Jillian Nicole tinha em sua posse uma garrafa que cheirava a gás, um isqueiro e fósforo. Mais tarde, foi relatado que ela também tinha um marcador (que teria sido usado para escrever a frase sobre satanás), uma chave de fenda e uma broca com brocas”, informou a polícia. 


    Oficiais também apreenderam um carro no estacionamento da igreja, que teria sido usado pela suspeita para chegar aos edifícios da igreja, Jillian Nicole negou qualquer envolvimento no incêndio criminoso, mas depois escreveu um testemunho afirmando que ela agiu sozinha. 

    “Eu estava com raiva e tudo que eu queria fazer era acender uma pequena fogueira e sair do controle. Fugi da cena e não olhei para trás”, ela teria escrito no comunicado. “Eu senti vontade de brincar com fogo por causa da minha vida louca em casa, isso não foi um crime de ódio”, defendeu-se. Ela está presa na cadeia do condado de Utah com uma fiança de US$ 20 mil.



    • Blogger Comments
    • Facebook Comments

    0 comentários:

    Enviar um comentário

    Item Reviewed: Mulher ateia fogo a igreja e escreve “satanás vive” na porta do templo Rating: 5 Reviewed By: Lethicia Cruz
    Scroll to Top