Publicidade

Publicidade

  • ùltimas

    sábado, 26 de janeiro de 2019

    Apóstolo Joel é denunciado pelo MP-RJ por ser funcionário fantasma de Edson Albertassi


    O apóstolo Joel é denunciado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro. Foi denunciado devido ele ser um funcionário fantasma do gabinete do deputado preso Edson Albertassi, do MDB. 

    Joel da Costa Pereira e o pai, Ozeni Elias Pereira, foram nomeados para cargos comissionados na Alerj, pelo deputado Edson Albertassi, preso desde novembro de 2017. Para o Ministério Público do estado, eles são funcionários fantasmas do parlamentar.



    O Ministério Público do Rio calcula que o prejuízo aos cofres públicos com os salários pagos aos servidores fantasmas de Edson Albertassi passa de R$ 1,3 milhão. Um dos denunciados, de acordo com o MP, ainda era sócio do deputado em uma empresa. Em depoimento, os dois confirmaram que não apareciam pra trabalhar na Alerj. 


    Joel afirmou que não batia ponto, e que a folha era levada à Volta Redonda, todo mês, pra ele assinar. O denunciado também contou que não tinha local de trabalho. Ozeni afirmou aos investigadores que é semianalfabeto e que não sabia o nome do cargo que ocupava e nem para onde trabalhava.


    A defesa de Edson Albertassi disse que só vai se manifestar depois de tomar conhecimento da denúncia. Joel da Costa Pereira e Ozeni Elias Pereira não foram encontrados. 


    Sobre o número de cargos comissionados à disposição da presidência da Assembleia Legislativa, a Alerj disse que esses cargos não estão ocupados e afirmou que existem 81 cargos vagos.



    • Blogger Comments
    • Facebook Comments

    1 comentários:

    Item Reviewed: Apóstolo Joel é denunciado pelo MP-RJ por ser funcionário fantasma de Edson Albertassi Rating: 5 Reviewed By: labareda sobrenatural
    Scroll to Top