Publicidade

Publicidade

  • ùltimas

    sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

    IGREJA INVESTIGADA NA "OPERAÇÃO FANTOCHE"



    Como a moda em 2017 foi de igrejas $obrenaturais serem investigadas pela policia  agora mais uma,pois que  Ministério Apascentar de Nova Iguaçu, igreja liderada pelo pastor Marcus Gregório, se tornou alvo na segunda fase da operação Fantoche da Polícia Civil do Rio de Janeiro, nesta Quarta-Feira (17).
    Além da igreja e vários empresários, duas empresas de ônibus, a Expresso São Francisco e a Transtur Vila Emil Nova Iguaçu Turismo e Viação, estariam envolvidas em um esquema de lavagem de dinheiro que começou a ser desarticulado pela polícia.
    De acordo com a Polícia Civil, o grupo usava benefícios de trabalhadores, como vale-transporte e vale-refeição, para lavar dinheiro ilícito.Os investigadores observaram que um outro empresário, que atua no ramo da beleza e que também é sócio e procurador de diferentes empresas fantasmas, realizou movimentações suspeitas, de valores superiores a R$ 100 mil, em curto espaço de tempo nas contas bancárias de uma de suas empresas e da igreja do pastor Marcus Gregório.

    Estes saques e depósitos foram feitos, segundo a polícia, no mesmo período em que foi realizada grande movimentação financeira nas empresas fantasmas. Em apenas dois meses, foi movimentado quase R$ 1,3 milhão. Apenas a igreja Ministério Apascentar recebeu do empresário, nesse período, cerca de R$ 400 mil.

    • Blogger Comments
    • Facebook Comments

    0 comentários:

    Enviar um comentário

    Item Reviewed: IGREJA INVESTIGADA NA "OPERAÇÃO FANTOCHE" Rating: 5 Reviewed By: Andre Carpano
    Scroll to Top