Publicidade

Publicidade

  • ùltimas

    quarta-feira, 13 de setembro de 2017

    Malafaia "SONEGA IMPOSTOS E CHAMA DE OTÁRIO QUEM DISCORDA DELE "

    O pastor Silas Malafaia em mais um discurso de ódio agride com palavras quem discorda dele 

    Uma proposta de cobrança de impostos sobre igrejas e templos de qualquer religião foi feita no portal do Senado e  alcançou o mínimo de apoiadores para ser discutida pelos  parlamentares. O pastor Silas Malafaia participou de uma audiência pública para discutir o assunto e classificou como “otários” os que defendem essa medida.

    A audiência contou com a presença dos senadores Magno Malta (PR-ES), Ricardo Ferraço (PSDB-ES) e José Medeiros  (PDT-MT), além da cantora Lauriete, ex-deputada federal, e do pastor Silas Malafaia.
    Arrogante e mal educado o coronel gospel,Malafaia avaliou que a iniciativa é um despropósito: 

    “Tributar a fé e a misericórdia de alguém é uma imoralidade. As igrejas utilizam o dinheiro para ajudar em projetos sociais. Eu não 
    vou dar dinheiro para o Estado que não é capaz de fazer o papel social que a igreja faz. Isso é uma vergonha”,
    A proposta de tributação das igrejas, católica e evangélicas, além de qualquer outro templo religioso, foi feita no portal do Senado pela engenheira Gisele Helmer, 32 , de Vila Velha (ES), que entende que o Estado laico deveria cobrar imposto de todas as religiões que permitam o enriquecimento de seus líderes.

    A motivação para esse tipo de proposta é alimentada por escândalos de desvios de dinheiro de dízimos e ofertas, além de casos de construções de verdadeiros impérios, com megatemplos, emissoras de televisão, fazendas, empresas  diversas, entre outros casos.

    Ainda assim, a tributação das ofertas e dízimos dados pelos fiéis às igrejas resultaria em um cerceamento da liberdade religiosa, além de induzir muitas comunidades de fé à informalidade, já que a proposta prevê tributação apenas de templos com CNPJ.

    Para o pastor Silas Malafaia, a proposta parte de uma visão limitada sobre a presença das igrejas na sociedade, e a tributação teria um impacto negativo em questões sociais, já que as denominações cristãs, em geral, sustentam projetos sociais em áreas onde o Estado não se faz presente.

    E aos berros ele disse:
    “Isso é coisa de ‘esquerdopata’ que tenta atingir a igreja evangélica.
    Vamos dar gargalhada na cara desses otários. Quer tributar igrejas, primeiro tributa partidos políticos e sindicatos que também são isentos”
    “Tributar a fé e a misericórdia de alguém é uma imoralidade. As igrejas utilizam o dinheiro para ajudar em projetos sociais. Eu não vou dar dinheiro para o Estado que não é capaz de fazer o papel social que a igreja faz. Isso é uma vergonha”. 

    É com esse tom de irritação que o pastor Silas Malafaia, um dos principais líderes evangélicos do país, criticou a sugestão legislativa que propõe o fim da imunidade tributária para as igrejas.

    Se a proposta virar lei, locais de culto passariam a pagar, por exemplo, IPTU, imposto de renda e Imposto Sobre Serviços (ISS). A declaração foi dada em audiência pública  em Vila Velha, ontem.
    Apesar de ser uma audiência pública para debater o assunto, o evento foi rodeado apenas por evangélicos e políticos contrários a proposta.(reunião secreta )
    Sobre isso o senador Magno Malta diz:
    “O exercício da misericórdia ninguém pode tributar e  está previsto na constituição. As igrejas são importantes no desenvolvimento de projetos sociais: um drogado fora da rua é um assalto a menos, um estupro a menos e uma mãe que para de chorar”, .
    Para o senador Ricardo Ferraço (PSDB), a proposta não passará no Senado. “Vamos matar na origem essa imbecilidade. O Estado cobra uma elevada carga tributária. Não podemos tirar da igreja que realiza projetos
     para enviar ao Governo”
    Confira esta LABAREDA:

    • Blogger Comments
    • Facebook Comments

    0 comentários:

    Enviar um comentário

    Item Reviewed: Malafaia "SONEGA IMPOSTOS E CHAMA DE OTÁRIO QUEM DISCORDA DELE " Rating: 5 Reviewed By: Andre Carpano
    Scroll to Top